Missão e História

Missão

Entre outros, os objetivos deste Departamento da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, são:

Realizar formação de qualidade de nível pré e pós-graduado em todas as áreas disciplinares de formação no âmbito da Física, Astronomia, e Engenharia Física, com forte suporte na investigação realizada nos Institutos de Investigação associados ao DFA.

Apoiar a formação inicial e em exercício de professores dos ensinos Básico e Secundário de Físico-Químicas. Promover a investigação em Ensino da Física e fomentar o desenvolvimento de novos materiais e metodologias desta área de Ensino.

Promover, em colaboração com os Institutos de Investigação, a investigação e o desenvolvimento em todas áreas científicas ligadas à Física, Astronomia e Engenharia Física.

Promover a perceção pública da importância social, cultural e económica das suas áreas de intervenção.


História

O atual Departamento de Física e Astronomia resultou de uma reestruturação da Faculdade de Ciências em 2010, que juntou o Departamento de Física ao grupo de Astronomia (do antigo Departamento de Matemática Aplicada). Para mais alguns detalhes sobre a evolução da estrutura da faculdade, que trouxe ao atual departamento, ver o histórico de Diretores desde 1911 e a lista de alguns dos antigos professores que integram essa história.

As raízes do Departamento de Física remontam à Fundação da Universidade do Porto, em 1911, tendo sido criado então o Laboratório de Física na Faculdade de Ciências. No final dos anos 60, sob a liderança do Prof. José Moreira de Araújo, registou-se um aumento significativo da atividade do Departamento de Física, nomeadamente através de doutoramentos de docentes em prestigiadas universidades estrangeiras, com reflexos no lançamento de atividades de investigação e renovação curricular das licenciaturas em Física. Foram criadas, então, algumas infraestruturas essenciais de investigação experimental, bem como expandidos consideravelmente serviços de apoio (oficinas, biblioteca). É no âmbito do grupo de Física que a formação em física se afirma com a criação da Licenciatura em Física em 1964.

As raízes da área de Astronomia estão na criação, com a fundação da Faculdade, do Gabinete de Astronomia no Grupo de Matemática Aplicada. Este viria a estar na origem da criação, em 1948, do Observatório Astronómico da Faculdade, uma iniciativa liderada pelo Prof. Manuel Gonçalves Pereira de Barros. A Astronomia moderna, e em particular a Astrofísica, surge nos anos 80 do século XX no grupo de Matemática Aplicada, impulsionada pela criação da Licenciatura em Física/Matemática Aplicada – Astronomia (recebe estudantes pela primeira vez em 1984), uma colaboração entre os dois Grupos envolvidos.