Comunicação

Temos um compromisso permanente com a divulgação da Física e da Astronomia, junto do público em geral e ainda dos estudantes e professores do Básico e Secundário. Algumas das linhas de ação são descritas nesta secção do site.


Comunicação institucional – abertura à Sociedade:

Coordenador: Eduardo Filipe Vieira de Castro

Nesta componente inclui-se um conjunto de ações e eventos regulares, que o DFA organiza ou em que participa, destinados a diferentes públicos.

O Departamento e os seus docentes e investigadores também produzem artigos e material de divulgação no âmbito das suas áreas de intervenção.

Como parte do seu esforço de comunicação, os docentes e investigadores do DFA tem uma presença regular nos media de comunicação nacionais e/ou internacionais.


Comunicação para as Escolas – iniciativas direcionadas a públicos escolares:

Coordenador: Paulo Simeão de Oliveira Ferreira de Carvalho 

Docentes e investigadores vão a Escolas Básicas e Secundárias falar de Física e Astronomia. Preparamos uma lista de temas possíveis para as palestras do DFA nas Escolas. Mas aceitamos sugestões de novos temas a abordar… diga-nos o que gostaria de ouvir!

Programa de Física ao nosso alcance: o DFA dispõe de salas com experiências e demonstrações concebidas para surpreender e levar a pensar. Estas recebem visitas por marcação.

O DFA participa ainda em iniciativas regulares da FCUP e da U.Porto para públicos escolares, nomeadamente:

  • Dias Abertos (202120202019, etc): organizados pela FCUP todos os anos, com a colaboração do DFA e seus Institutos.
  • Mostra U.Porto: organizada anualmente pela U.Porto, tendo a participação do DFA e seus Institutos.
  • Universidade Junior: organizada pela U.Porto anualmente, com atividades do DFA e seus Institutos.

Parcerias:

* Planetário do Porto CCV

O Centro de Astrofísica da Universidade do Porto, através do seu Núcleo de Divulgação, desenvolve diversos programas públicos para a divulgação da ciência e promoção da cultura científica. O CAUP é também o responsável pelo Planetário do Porto da Universidade do Porto (inaugurado em 1998), o primeiro Centro de Ciência Viva. O planetário organiza diversos eventos, alguns destes em parceira com o DFA, e disponibiliza inúmeros recursos através da Astroteca. Há ainda um conjunto de atividades desenvolvidas em parceria com o Grupo de Comunicação de Ciência do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço.