Avançar para o conteúdo

“PANTONE 17-3938 Very Peri. A New Pantone Color Whose Courageous Presence Encourages Personal Inventiveness And Creativity.”

Curso de Especialização
em

Design e Visualização de Informação

Este curso da FBAUP, em parceria com a FCUP tem, como objetivo fundamental, apresentar a área de visualização de informação, os seus fundamentos teóricos e práticos, bem como apresentar ferramentas para implementação de projetos de visualização de informação.

O Curso de Especialização em Design e Visualização de Informação está direcionado para a formação de um conjunto de profissionais que pretendam aliar uma elevada capacidade criativa com uma forte base tecnológica e científica para resolver os desafios que advêm da, cada vez maior, necessidade de tratar dados, extrair informação e gerar conhecimento.

Apresenta como objetivos principais:

– Conhecer e saber aplicar princípios do design de informação e as suas vicissitudes nos diferentes contextos profissionais científicos ou artísticos;
– Dar a conhecer os conceitos, enquadramentos teóricos e práticos e as ferramentas essenciais ao exercício profissional na área da visualização de informação;
– Apresentar a visualização de informação como parte integrante da realidade de diversas organizações, dotando-as de profissionais especializados nesta área;
– Dotar os estudantes de conhecimento e sentido crítico relativamente à descrição estatística gráfica de dados;
– Dar a conhecer os principais vieses e problemas relativos à qualidade de dados, assim como estratégias de como lidar com essa problemática;
– Dotar os alunos de competências que permitam preparar os dados para uma análise visual e/ou estatística.

Com uma componente fortemente prática, espera-se que os estudantes, para além de melhorar competências científicas e técnicas, adquiram um forte sentido da utilização prática de conhecimentos científicos e técnicos avançados, aumentem as suas capacidades de trabalho em equipa e a sua capacidade de comunicação. 

Informações

– Designers interessados em adquirir competências que lhes permitam trabalhar em projectos de visualização de informação;
– Programadores, analistas de dados e cientistas que queiram complementar a sua formação com recursos de design de informação e visualização de informação;
– Jornalistas que procurem competências para fazer jornalismo com dados, com interesse no design de informação e na visualização de informação como ferramenta de comunicação e como um processo narrativo; 
– Quadros qualificados provenientes de organizações responsáveis pela produção de dados e divulgação de informação estatística;
– Docentes e investigadores em diferentes domínios; 
– Profissionais que tenham necessidades específicas relacionadas com a comunicação visual de informação;
– Técnicos de empresas, associações empresariais, observatórios setoriais, bibliotecas, organizações, estruturas de instituições de ensino superior, unidades de divulgação de institutos públicos, etc.
– Qualquer indivíduo interessado em aprender a apresentar dados de uma forma eficaz, conseguindo atrair o leitor para a visualização de informação complexa.


É relevante chamar a atenção para o interesse desta formação para todos os profissionais, que de uma forma ou de outra, no âmbito das suas funções, têm que analisar ou comunicar informação. No contexto atual, é cada vez maior a importância que a comunicação gráfica assume nas funções dos profissionais que interagem com informação, seja através do conhecimento das boas práticas da apresentação de informação, ou do domínio de ferramentas de visualização e da utilização de métodos avançados de visualização para melhorar a análise de dados, que constituem mais-valias muito importantes em inúmeras áreas e funções profissionais.

Formação académica de 1º ciclo de ensino superior concluída (com a classificação mínima de 12 valores), experiência profissional na área.

Poderão ser admitidos candidatos que pelo seu curriculum académico, científico ou profissional, a Comissão Científica do curso reconheça reunir os requisitos necessários para a realização deste curso de especialização.

Nota: Para os candidatos não detentores de grau à data da candidatura, mas que reúnam as condições necessárias de o concluir até à data da inscrição nesta formação, deverá ser feita evidência da média curricular à data da candidatura (que terá de ser igual ou superior a 12 valores)

Número de vagas: 30

– Licenciatura com nota mínima de 12 valores – 40%
– Experiência Profissional na área – 30%
– Carta de motivação – 30%

Informação a fornecer – documentos digitalizados:
– Cartão de Cidadão
– Certificado de Conclusão de Licenciatura
– Curriculum Vitae
– Exposição que fundamente a candidatura (Carta de Motivação)

1ª Fase
Candidaturas – 01 a 30 de junho de 2022
Resultados provisórios – 04 de julho de 2022
Audiência prévia – 05 a 18 de julho de 2022
Resultados definitivos – 22 de julho de 2022
Matrículas – 25 a 29 de julho de 2022

2ª fase (vagas sobrantes)
Candidaturas – 01 a 31 de agosto de 2022
Resultados provisórios – 05 de setembro de 2022
Audiência prévia – 06 a 19 de setembro de 2022
Resultados definitivos – 20 de setembro de 2022
Matrículas – 21 a 23 de setembro de 2022

Sexta-feiras das 14h00 às 18h00

Sábado das 9h00 às 13h00

Ano de abertura – Inclui desconto de 28%
1.250€  –  a pagar em 4 prestações

Conteúdos Programáticos

Unidade de formaçãoHorasECTS
Literacia Visual213
Design de Informação e Infografia213
Literacia em Estatística213
Seminário466
Projeto I466
Unidade de FormaçãoHorasECTS
Informação, Representação e Comunicação Científica213
Design de Visualização de Informação213
Visualização Interativa213
Tratamento de Dados e Visualização213
Projeto II709

Corpo Docente

Ana Teixeira-Costa

Doutorada em Biomedicina pela FMUP e com pós-doutoramentos no University College London, no IBMC e no i3s (Universidade do Porto), Ana Costa tem um extenso percurso de investigação científica contando com 10 publicações peer-reviewed com mais de 200 citações.

Em 2017, iniciou o seu percurso como designer de informação, tendo obtido o Mestrado em Design de Imagem, fundindo assim os seus conhecimentos em ciência e visualização da informação. Desde então, tem usado essa versatilidade no contexto profissional tendo trabalhado na start-up BestHealth4U e na consultora Innovayt. Mais recentemente, desenvolve a sua atividade na área de eHealth na empresa Promptly.

Cristina Ferreira (FBAUP)

Cristina Ferreira, natural do Porto (Portugal), licenciada em Design de Comunicação, Mestre em Arte e Multimédia e Doutorada em Arte e Design pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Em 1997 recebeu o Prémio da Fundação Engenheiro António de Almeida como a melhor aluna do Curso de Design de Comunicação. Professora assistente no Departamento de Design da FBAUP, onde leciona nas áreas do design gráfico, comunicação visual e fotografia. Trabalhou como ilustradora de livros escolares durante mais de uma década numa das principais editoras do país. Desenvolve investigação no campo epistemológico da imagem, intersectando os campos do design de comunicação, literacia visual e fotografia.

 Membro integrado do i2ADS (Institute for Research in Art, Design and Society) desde 2022 e colaboradora do ID+ (Institute for Research in Design, Media and Culture) desde 2014. Membro do Laboratório de Criação de Alfabetização em Saúde da Universidade do Porto (LACLIS).

Emília Dias da Costa (FBAUP)

Emília Dias da Costa é professora na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Designer, mestre em Arte Multimédia (FBAUP) e doutorada em Design (FBAUP) com a tese “A Visualização de Informação como processo e pensamento em Design”.

Tem colaborado em vários projetos de investigação na área da Visualização de Informação.

O trabalho desenvolvido neste contexto conduziu, nomeadamente, à colaboração com a FMUP, durante a pandemia de Covid-19 no apoio ao SNS e à colaboração com o Instituto de Inteligência em Saúde da Universidade de São Paulo, na assessoria ao Governo estadual no  domínio do confinamento.

João Viana (CINTESIS)

João Viana é estudante do programa de doutoral em investigação clínica e serviços de saúde (Faculdade de Medicina da Universidade do Porto) e investigador do grupo 2D4H – Secondary Data for Healthcare Research do CINTESIS. Licenciado e Mestre em Engenharia Electrotécnica e de Computadores, Ramo de telecomunicações e Electrónica (Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto) e Mestre em Informática Médica (Faculdade de Medicina da Universidade do Porto).

Nos últimos 9 anos, o foco do seu trabalho tem sido a análise e visualização de dados aplicados à saúde e também indicadores de desempenho, gestão e clínicos em ambiente de internamento ou urgência.

Óscar Felgueiras

Óscar Felgueiras (FCUP)

Óscar Felgueiras é professor na FCUP e investigador no Centro de Matemática da Universidade do Porto e na Unidade de Investigação Clínica da ARS Norte.

Doutorado em Matemática pela University of Michigan – Ann Arbor e licenciado em Matemática pela FCUP, trabalha em estatística e modelação matemática com ênfase na área das doenças infeciosas, nomeadamente a tuberculose. O interesse nestas áreas conduziu a uma colaboração com a ARS Norte durante a pandemia de Covid-19 e tornou-se um dos especialistas que aconselhou o governo. Participou nas reuniões do Infarmed e foi um dos co-autores do plano nacional de desconfinamento a partir de março de 2021.

Gil Costa

Gil Costa

Gil Costa é um designer e ilustrador científico, sediado em Bruxelas. Colabora com cientistas e instituições científicas ajudando à sua comunicação de ciência, criando ilustrações e diagramas científicos, apresentações e animações, identidades visuais e editoriais. 

Tem formação de base em Biologia, com doutoramento em Neurociências pela Universidade de Coimbra. É autodidata na área do design e ilustração científica. Começou a sua carreira em Lisboa, na Fundação Champalimaud, passou pela Fundação Calouste Gulbenkian, e é actualmente Ilustrador Científico em Bruxelas, na secção de comunicação médica da Adecco/Akkodis. Em paralelo trabalha enquanto Freelancer com clientes um pouco por todo o lado.

Afiliações de Clientes:
Amsterdam Vriej Univ. (NL)
Antalgenics SA (SP)
Brandeis University (US)
Champalimaud Foundation (PT)
Chinese Academy of Sciences (CN)
Cold Spring Harbor Lab (US)
Columbia University (US)
Demcon-Nymus3d (NL)
Erasmus University Rotterdam (NL)
FENS (BE / EU)
Inst. Gulbenkian de Ciência (PT)
Harvard University (US)
Inst. Higiene Medicina Tropical (PT)
Inst. Medicina Molecular (PT)
Inst. Superior Técnico (PT)
MIT (US)
Northwestern University (US)
Oxford University (UK)
Princeton University (US)
Rice University (US)
Sainsbury Wellcome Centre (UK)
Scite – Science Crunchers (PT)
Stanford University (US)
Trends in Africa (TZ)
Univ. Basel (UK)
Univ. Birmingham (CH)
Univ. Coimbra (PT)
Univ. Copenhagen (DK)
Univ. College Cork (IRL)
Univ. College Dublin (IRL)
Univ. College London (UK)
Univ. Catholique Louvain (BE)
Univ. Geneva (CH)
Univ. Hospital Lyon (FR)
Univ. Oregon (US)
Univ. Pennsylvania (US)
Univ. Sussex (UK)
Univ. Miguel Hernandez (SP)
Univ. Trento (IT)
Univ. Utrecht (NL)
Vienna BioCenter (AUT)
Washington Univ. (US)

 

Direção
Emília Dias da Costa (FBAUP)

Comissão Científica
Cristina Ferreira (FBAUP)
Emília Dias da Costa (FBAUP)
Óscar Felgueiras (FCUP)

Pedido de Informações