O Mestrado

A Deteção Remota consiste na recolha de informação sobre objetos à distância. Uma vasta gama de informação sobre a superfície e atmosfera do planeta Terra pode ser obtida usando dados e imagens recolhidos por sensores a bordo de satélites artificiais ou de plataformas aéreas. A Deteção Remota tem aplicações nas mais diversas áreas, tais como:

  • Cartografia
  • Ambiente
  • Agricultura e Florestas
  • Climatologia e Meteorologia
  • Oceanografia
  • Biologia
  • Geologia
  • Geografia e Ordenamento do Território, etc.

Descrição Geral

O Mestrado em Deteção Remota oferece formação avançada sobre técnicas de observação da Terra tirando partido do know-how existente na FCUP. Com foco no tratamento e uso de dados geoespaciais, obtidos através de sensores colocados em plataformas espaciais ou aéreas, pretende-se que os estudantes adquiram competências sobre os fundamentos da Deteção Remota (DR), as potencialidades dos vários sensores, técnicas de aquisição, tratamento e análise de dados e familiarização com vários software de DR e Sistemas de Informação Geográfica (SIG).
Espera-se que os Mestres em Deteção Remota sejam capazes de usar esse conhecimento no estudo do planeta e na resolução de problemas em vários domínios de aplicação. Para esse fim o curso foi organizado com um tronco comum de Unidades Curriculares (UC) versando matérias fundamentais e um conjunto de UC opcionais que visam permitir adquirir competências específicas em aplicações ao estudo do oceano, agricultura e florestas, zonas costeiras, alterações climáticas, etc.. Sendo único no país, este mestrado preenche uma lacuna de formação nesta área.

Funcionamento

O mestrado tem a duração de dois anos:

  1. um primeiro ano com um conjunto de UC de 60 ECTS, que confere um diploma de curso de mestrado, não conferente de grau, em Deteção Remota;
  2. um segundo ano constituído por uma dissertação de natureza científica ou um estágio profissional (54 ECTS), e uma UC de escrita científica (6 ECTS).

O curso funcionará num horário concentrado predominantemente nas tardes de sexta-feira e manhãs de sábado, de modo a permitir a frequência de estudantes de todo o país, incluindo estudantes trabalhadores.

Língua de ensino: Sempre que existam estudantes internacionais (não CPLP), as aulas serão ministradas em Inglês.

Observações

    O ciclo de estudos (CE) em Deteção Remota é composto por:

    a) um curso de mestrado de 60 ECTS, correspondente ao 1º ano curricular, que confere um diploma de curso de mestrado, não conferente de grau, em Deteção Remota;

    b) uma dissertação de natureza científica ou um estágio profissional objeto de relatório final, de 54 ECTS, e uma unidade curricular de 6 ECTS de apoio a esse trabalho, realizados no segundo ano curricular.

O curso de mestrado inclui 15 ECTS a obter em unidades curriculares opcionais; para tal é oferecido um elenco específico de opções, que poderá ser alterado mediante aprovação pelo Conselho Científico da FCUP; podem também ser usadas outras unidades da oferta formativa da Universidade do Porto a nível de segundo ciclo; o conjunto das UC de opção escolhido por cada estudante requer a aprovação da Comissão Científica do CE. Só no final do 1º semestre os estudantes estarão em condições de escolher de forma consciente estas opções, devendo para tal aconselhar-se junto da Comissão Científica do CE; a FCUP permitirá que as correspondentes inscrições tenham lugar no final do 1º semestre.

No caso de, no ato de inscrição no ciclo de estudos o estudante seja obrigado a realizar a inscrição prévia nas unidades curriculares opcionais, os alunos devem previamente aconselhar-se junto da Comissão Científica do mestrado, com a salvaguarda de que a FCUP permitirá a alteração da inscrição nestas Unidades Curriculares no final do 1º semestre do 1º ano curricular.

Plano de Estudos

Por favor consulte o plano de estudos na página oficial.

1º Ano

1º Semestre

Disciplina ECTS Docente
Fundamentos de Deteção Remota6 M. Joana Fernandes
Processamento Digital de Imagem 6 André Marçal
Estatística Aplicada às Ciências e Engenharia 6 Joaquim Costa
Ana Rita Gaio
Computação para Deteção Remota6 Michel Ferreira
Nelson Pires
Cartografia3 José Alberto Gonçalves
Sensores aéreos e Fotogrametria 3 José Alberto Gonçalves

2º Semestre

Disciplina ECTS Docente
Sistemas de Informação Geográfica 6 Ana Cláudia Teodoro
Aplicações GNSS 6 Dalmiro Maia
Software de Deteção Remota e SIG 6 Lia Duarte
Nelson Pires
Seminários de Deteção Remota 6 M. Joana Fernandes
Opções 15 ---

Nota: No final do 1º semestre, antes de se inscreverem nas várias opções oferecidas para o 2º semestre, os estudantes deverão informar-se junto da Comissão Científica do Ciclo de estudos sobre o conteúdo das mesmas e as combinações de escolha possíveis, atendendo aos condicionalismos de horário.

Opções (2º Semestre)

Aplicações em Oceano
Disciplina ECTS Docente
Submesoescala Oceânica e Sistemas de Observação Autónomos6 José Carlos da Silva
Deteção Remota da cor e temperatura do oceano3 Clara Lázaro
SAR oceano 3 José Carlos da Silva
Altimetria por Satélite 3 M. Joana Fernandes
M. Clara Lázaro
Aplicações em Terra
Disciplina ECTS Docente
Aplicações à Biologia 3 Neftalí Sillero
Aplicações à Agricultura 3 Mário Cunha
Aplicações Florestais 3 José Aranha
Interferometria SAR3 Joaquim João Sousa
Aplicações Multidisciplinares
Disciplina ECTS Docente
Aplicações Costeiras Não irá abrir em 2018/2019! 3 Ana Cláudia Teodoro
Aplicações à meteorologia e mudanças climáticas 3 Isabel Iglesias
Opções U. Porto 0 - 6 ---

2º Ano

1º semestre

Disciplina ECTS Docente
Escrita científica e projeto de dissertação / estágio 6Neftalí Sillero

Anual

Disciplina ECTS Docente
Dissertação / Estágio 54 ---

Saídas Profissionais

Sendo este o único Mestrado deste tipo em Portugal, irá responder a necessidades de formação de quadros especializados em Deteção Remota.

Os mestres em DR terão competências únicas para ingressar em instituições públicas ou empresas privadas de cariz tecnológico, incluindo agências espaciais (ESA. EUMETSAT, etc.), com atividades ligadas à produção ou exploração de dados de DR ou SIG, serviços de localização, cartografia temática, e muitas outras que envolvam utilização de informação georreferenciada.

Espera-se ainda que os Mestres em DR promovam o desenvolvimento tecnológico do país através da criação de empresas de base tecnológica e que alguns prossigam os seus estudos para doutoramento.

Conhecimentos e Competências

Um Mestre em Deteção Remota deverá:

  1. Possuir conhecimentos aprofundados na área científica de DR, sendo capaz de os aplicar quer na atividade profissional quer na investigação científica;
  2. Ser capaz de tratar informação geoespacial na resolução de um problema novo, usando as ferramentas e métodos mais adequados;
  3. Saber integrar conhecimentos, lidar com questões complexas, desenvolver novas soluções ou emitir pareceres, incluindo avaliar as implicações e responsabilidades éticas, sociais ou ambientais que resultem das soluções propostas;
  4. Ser capaz de comunicar, de forma clara e sem ambiguidades, conhecimentos técnicos e conclusões de estudos que tenha de efetuar, bem como o respetivo racional, quer a especialistas em Deteção Remota, quer a não especialistas, incluindo o público em geral;
  5. Consolidar competências que lhe permitam uma aprendizagem autónoma ao longo da vida.

Como Concorrer

Prazo de Candidaturas ao mestrado

9 de julho a 14 de agosto de 2018

Apresentação de Candidatura

A apresentação das candidaturas ao Mestrado em Deteção Remota é realizada exclusivamente online através da página da FCUP.
Deve seguir os seguintes passos:
  1. Autenticação:
    • Se foi estudante FCUP, e lembra-se das suas credenciais de acesso, autentique-se. Caso não se lembre das credenciais pode solicitá-las enviando um email para: ci@fc.up.pt
    • Se foi estudante UP, de outras Faculdades, e lembra-se das suas credenciais de acesso, autentique-se. Caso não se lembre das credenciais, deve solicitá-las aqui.
    • Se é novo na UP deve solicitar as suas credenciais aqui.
  2. Efetuar Candidatura:
    • Na página da FCUP selecionar o destaque "Candidatura", e de seguida, em "Candidaturas a Mestrado" clicar no link "Consulta e Concorre".
    • Procurar o mestrado desejado "Deteção Remota" e selecionar a opção "Candidatura".
    • Selecionar a opção "Concorrer".

Propinas

Prazos de Candidaturas

Regulamento dos Mestrados da Universidade do Porto

Para qualquer esclarecimento contacte:

Diretor de Curso
Joana Fernandes
Email: m.dr.diretor@fc.up.pt

Gabinete de Pós Graduação da FCUP
Rua do Campo Alegre s/n, Edif-FC5, Sala-0.1
4169-007 Porto - Portugal
Email: pos.graduacao@fc.up.pt
Telefones: (+351) 220 402 030 /31/32/33/34/35

Condições de Acesso

  1. Ser titular do grau de licenciado de um ciclo de estudos cujo plano de estudos inclua adequada formação científica de base para a Deteção Remota: vários ramos de Engenharia, 1ºs ciclos relacionados com o Ambiente, Informática, Matemática, Física, Geofísica, Geologia e áreas afins.
  2. Ser titular de um grau académico superior estrangeiro numa das áreas descritas na alínea anterior;
  3. Ser detentor de um currículo escolar, científico ou profissional que a comissão científica do ciclo de estudos reconheça como suficiente para atestar a capacidade para a realização deste ciclo de estudos.

Critérios de seriação:

  1. Serão seriados em primeiro lugar os candidatos que tenham o grau de licenciado em licenciatura adequada, seguindo os critérios abaixo indicados:

    1. a) Média da licenciatura à data da candidatura. Para os candidatos não detentores do grau à data de candidatura, mas em condições de conclusão até à data de inscrição no ciclo de estudos, considera-se a média curricular à data de candidatura, aplicando uma penalização de 10% por cada unidade curricular em falta para a conclusão do grau.

      b) Adequação da licenciatura às características do mestrado. Serão valorizadas as licenciaturas cujo plano de estudos inclua adequada formação científica de base para a Deteção Remota. Será considerada a formação em Matemática (8%), Informática/Programação (8%) e Física (4%).

      c) Curriculum profissional. Serão consideradas a duração e natureza de funções profissionais exercidas, desde que tituladas por contrato de trabalho, ou em regime de trabalho independente, na área científica do ciclo de estudos em apreço, nos seguintes termos: relevância da atividade profissional (12%); duração da atividade profissional (8%).

      d) Curriculum Científico. Serão considerados os seguintes aspetos: número de artigos em jornais indexados (10%); outros artigos científicos (5%); comunicações científicas orais (4%); outras comunicações (1%).
  2. Posteriormente serão seriados os candidatos que ainda não possuam grau de licenciado e/ou tenham currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico estatutariamente competente, de acordo com os critérios acima indicados, mas substituindo a média final de licenciatura pela média ponderada das unidades curriculares realizadas, atribuindo peso 2 às disciplinas consideradas como relevantes para a frequência deste ciclo de estudos e peso 1 às restantes.

Critérios de desempate de candidatos:

  • Média de Licenciatura
  • Número de anos de experiência profissional na área
  • Número de artigos científicos

Docentes

Ana Bio Ana Rita Gaio Ana C. Teodoro
André Marçal Dalmiro Maia Isabel Iglesias
Lia Duarte Joaquim Costa Joaquim João Sousa
João Tasso Sousa J. A. Gonçalves José C. da Silva
José Aranha M. Clara Lázaro M. J. Fernandes
Neftali Sillero Nelson Pires Mário Cunha

Contactos


Diretor de Curso

Joana Fernandes

Email: m.dr.diretor@fc.up.pt


Faculdade de Ciências da Universidade do Porto

Localização: Rua do Campo Alegre 790, 4150-171 Porto, Portugal

Como chegar à FCUP


Departamento de Geociências, Ambiente e Ordenamento do Território

Email: dgaot.secfc.up.pt

Telefone: +351 220 402 489


Gabinete de Pós Graduação da FCUP

Localização: Rua do Campo Alegre s/n, Edif-FC5, Sala-0.1
4169-007 Porto - Portugal

Email: pos.graduacao@fc.up.pt

Telefones: (+351) 220 402 030 /31/32/33/34/35


Ana Maria Ferreira Bio

Email: anabio@ciimar.up.pt
ORCID: http://orcid.org/0000-0003-4501-9410

Ana Bio é uma Bióloga que obteve o seu Doutoramento na Universidade de Utrecht, na Holanda, com uma tese sobre Modelagem Estatística de espécies-ambiente. Desde então, os seus interesses de investigação evoluíram nos campos da análise de dados e imagens e, mais recentemente, da (bio-) acústica submarina. Atualmente ministra o curso de Modulação Ecológica e Gestão Costeira, do mestrado em Ciências do Mar - Recursos Marinhos, na Universidade do Porto (ICBAS). Ana é investigadora assistente do grupo CIIMAR Coastal and Ocean Dynamics, e a sua investigação tem foco na topo-morfodinâmica e a avaliação de riscos costeiros, usando dados de deteção remota de fotografias aéreas, de imagens de satélites e de sistemas de informações geográficas.

Ana Cláudia Moreira Teodoro

Email: amteodor@fc.up.pt
ORCID: http://orcid.org/0000-0002-8043-6431

Ana Cláudia Teodoro é professora Auxiliar na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, Portugal. Recebeu os títulos de Bacharelato, Mestrado e Doutoramento em Engenharia Geográfica, pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto em 1998, 2001 e 2007, respetivamente.
É autora de mais de 40 artigos em revistas, mais de 20 “Web of Science Conference Proceedings”, e escreveu 8 capítulos de 1 livro.
As publicações de Ana Cláudia refletem os seus interesses como investigadora nas áreas da Deteção Remota, Processamento de Imagem e Sistemas de Informação Geográfica.

André Ribeiro da Silva Marçal

Página Web Pessoal
Email: andre.marcal@fc.up.pt

André R. S. Marçal, é Doutorado em Deteção Remota e Processamento de Imagem pela Universidade de Dundee, Escócia. É Professor Auxiliar do Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), onde é responsável por disciplinas de Análise e Processamento de Imagem, Análise e Processamento Digital de Sinal, investigação em Deteção Remota e Processamento de Imagem. A sua área de investigação baseia-se numa variedade de tópicos relacionados com o Processamento Digital de Imagem, Deteção Remota e reconhecimento de padrões, com vista ao desenvolvimento de algoritmos, bem como com vista a aplicação em áreas específicas (Biologia, Medicina, Agricultura e Ciências do Ambiente).

Isabel Iglesias Fernández

ORCID: http://orcid.org/0000-0002-4900-135X
Email: iiglesias@ciimar.up.pt

Isabel Iglesias Fernández é Doutorada em Física pela Universidade de Vigo desde Dezembro de 2010. Licenciada em Física – Especialização em Atmosfera e Meio Ambiente pela Universidade de Vigo em julho de 2006, a sua formação inclui ainda mestrados em Física Aplicada e em Ciências do Clima. Ao longo da sua carreira, lecionou várias disciplinas, nomeadamente Fundamentos de Meteorologia, Deteção Remota, Alterações Climáticas no Oceano e Modelos Climáticos na Universidade de Vigo e Oceanografia Física na Universidade do Porto, participando também no curso de Monitorização do Meio Marinho por Satélite, organizado pelo CIIMAR. As suas linhas de investigação estão centradas nos seguintes tópicos: climatologia aplicada e física, modelação numérica e dinâmica oceânica, estuarina e costeira, eventos extremos, alterações climáticas, interação atmosfera-oceano e teleconexões.

José Alberto Álvares Pereira Gonçalves

http://orcid.org/0000-0001-9212-4649
Email: jagoncal@fc.up.pt

José A. Gonçalves é licenciado em Engenharia Geográfica pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), mestre em Sistemas de Informação Geográfica e doutorado em Fotogrametria pela University College London. Atualmente é professor auxiliar na FCUP, onde leciona disciplinas nas áreas de Fotogrametria, Sistemas de Informação Geográfica (SIG) e Produção Cartográfica. Ele é um colaborador do grupo de trabalho ISPRS em sistemas móveis de digitalização e imagem para levantamento e mapeamento em 3D. Como membro do CIIMAR, os seus principais interesses de investigação são a aplicação de fotogrametria e deteção remota para monitoramento costeiro.

José Carlos Pinto Bastos Teixeira da Silva

ORCID: http://orcid.org/0000-0002-5453-3916
Email: jdasilva@fc.up.pt

José da Silva é doutorado em Oceanografia pela Universidade de Southampton, Reino Unido. Trabalhou como investigador Pós-Doutoral no Centro de Oceanografia Nacional (NOC), em Southampton, até 2000, data em que foi colocado como Professor na Universidade de Lisboa (Departamento de Física). Em 2010, foi nomeado professor associado na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP). José tem interesse em vários aspetos da oceanografia por satélite, submesoescala e radar de abertura sintética (SAR). É investigador convidade na WHOI, Massachusetts, Estados Unidos da América. É co-autor de mais de 40 publicações científicas arquivadas no ISI web of knowledge.

Lia Bárbara Cunha Barata Duarte

Email: liaduarte@fc.up.pt

Lia Duarte é Licenciada em Ciências de Engenharia – Perfil Engenharia Geográfica, Mestre e Doutorada em Engenharia Geográfica pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), respetivamente em 2017, 2011 e 2009. Desde Outubro de 2011 que é docente no Departamento de Geociências, Ambiente e Ordenamento do Território da FCUP onde leciona diversas unidades curriculares na área de Engenharia Geográfica, tais como: Topografia, Topografia Aplicada, Cartografia, Sistemas de Informação Geográfica (SIG) e Fundamentos de Informação Geográfica. Pertenceu ao Centro de Investigação em Ciências Geo-Espaciais (CICGE) até 2014 e desde 2015 que pertence ao Instituto Ciências da Terra (ICT). Trabalha essencialmente no desenvolvimento de aplicações em ambiente SIG open source utilizando a linguagem de programação Python.

Nelson Ribeiro Pires

Email: nelson.pires@fc.up.pt

Licenciado em Engenharia Física Aplicada – ramo Óptica, e em Ciências da Engenharia – perfil Engenharia Geográfica e com um Mestrado em Engenharia Geográfica, Nelson está atualmente a concluir o Programa de Doutoramento em Engenharia Geográfica na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto com o tema de pesquisa em Altimetria por Satélite, mais especificamente sobre o “Sea State Bias”, uma correção geofísica altimétrica causada pela influência do estado do mar local no pulso do radar altimétrico. Já realizou e ainda realiza investigação com foco em atrasos troposféricos do GNSS para aplicação em Altimetria Costeira, estudos fotogramétricos aéreos e de curta distância com drones para monitoração costeira e produção de mapas, deteção remota multi-espectral e de imagem SAR para ondas geradas pelo vento oceânico dinâmica oceânica.

Maria Clara Lázaro

ORCID: http://orcid.org/0000-0002-8849-7546
Email: clazaro@fc.up.pt

Clara Lázaro é professora auxiliar da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP). Doutorada em Engenharia Geográfica pela FCUP. Ela possui conhecimento especializado em Altimetria de Satélite aplicado à Oceanografia. Atualmente, a sua área de investigação baseia-se no estudo da variação do nível do mar usando Altimetria por Satélite e no desenvolvimento de metodologias para o cálculo de uma correção de troposfera húmida melhorada para aplicação em Altimetria Costeira. Clara esteve envolvida em muitos projetos de investigação nacionais e internacionais. Foi nomeada em 2014 como membro do Comité de Gestão de Portugal, para a “e-Cost Action” intitulada “Evaluation of Ocean Syntheses” (EOS).

Maria Joana Fernandes

ORCID: http://orcid.org/0000-0002-0946-0092
Email: mjfernan@fc.up.pt

Joana Fernandes é doutorada em Deteção Remota pela UCL, Universidade de Londres, Reino Unido. É Professora Auxiliar da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), onde leciona cursos nas áreas de Deteção Remota, Geodesia e Levantamento Hidrográfico. Foi diretora do Doutoramento em Engenharia Geográfica da FCUP de 2012-2017. A sua pesquisa é predominantemente em Altimetria por Satélite com foco em altimetria costeira e altimetria sobre águas interiores, correções de alcance e geofísicas, em particular a correção troposférica húmida. Tem sido líder da equipa portuguesa em vários projetos de investigação, maioritariamente financiados pela ESA, tais como, COASTALT, CP4O, CCI do Mar, SCOOP e SHAPE.

Neftalí Sillero

Página Web Pessoal
Email: neftali.sillero@gmail.com

Neftalí é um investigador científico do Centro de Investigação em Ciência Geo-Espacial (CICGE) da Universidade do Porto. As suas áreas de interesse baseiam-se na aplicação de Sistemas de Deteção Remota e Sistemas de Informação Geográfica da modelação espacial e cartográfica da distribuição de espécies de anfíbios e répteis. O seu trabalho de PhD com imagens de satélite do Landsat 5 foi avaliado como uma fonte de dados útil para o cálculo de possíveis distribuições versus dados exibidos em mapas publicados. Neftalí compara modelos preditivos de distribuição de espécies a partir de variáveis de mapa publicadas e variáveis de deteção remota numa região (província de Salamanca, Espanha) com informações ecogeográficas conhecidas. No futuro, estes resultados poderão ser extrapolados para áreas remotas, onde a cartografia de variáveis ambientais é muito escassa ou inexistente. Em relação à cartografia da herpetofauna, trabalhou no Atlas de Portugal e Espanha, aplicando os Sistemas de Informação Geográfica para construir bases de dados mais fiáveis e seguras e produzir os mapas das espécies automaticamente.

Ana Rita Pires Gaio

ORCID: http://orcid.org/0000-0003-3906-0775
Email: argaiofc.up.pt

Ana Rita Gaio é professora auxiliar na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) e leciona disciplinas de Matemática e Bioestatítica, Estatística Aplicada às Ciências e Engeharia, Métodos Estatíticos Avançados em Ciências e Engenharia.

Joaquim João Moreira de Sousa

Email: jjsousa@utad.pt

Professor Auxiliar na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

José Tadeu Marques Aranha

Email: j_aranha@utad.pt

Professor associado na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Joaquim Fernando Pinto da Costa

ORCID: http://orcid.org/0000-0002-3991-2715

Professor Auxiliar no Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

Dalmiro Jorge Filipe Maia

ORCID: http://orcid.org/0000-0001-7855-1919

Professor Auxiliar Convidado na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

João Tasso de Figueiredo Borges de Sousa

ORCID: http://orcid.org/0000-0002-2528-4666

Professor Auxiliar na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Mário Manuel de Miranda Furtado Campos Cunha

Email: mccunha@fc.up.pt
ORCID: http://orcid.org/0000-0002-8299-324X

Professor Auxiliar na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.