Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C.
Sugerimos que actualize o browser para ter uma melhor experiência de utilização.
Mais informações em webstandards.org

 
 
_
ad
 
A FCUP
ALUNOS
ENSINO
INVESTIGAÇÃO
DEPARTAMENTOS
PESSOAS
SERVIÇOS
CONTACTOS
INFOCIÊNCIAS
Calendário Escolar
Calendário de Exames
Prazos de Inscrições
Regulamentos/Informações
Serviços/Recursos
Bolsa de Emprego
PEEC
AEFCUP
SASUP
[‹‹]VOLTAR
Guerra biológica: decifrando a genómica de venenos naturais e os mecanismos de resistência natural a venenos
Tutor/Responsável: AGOSTINHO ANTUNES PEREIRA
Instituição: FACULDADE DE CIÊNCIAS DA UNIVERSIDADE DO PORTO (FCUP)
Local: FCUP e CIIMAR
Área: BIOLOGIA, AMBIENTE E GENÉTICA
Ano Lectivo: 2017/2018
Duração: 6 meses
Data início: 2018-02-03
Data final: 2018-07-31
Vagas: 1
Podem candidatar-se: L :: Licenciatura em Biologia (2º Ano) (3º Ano)
L :: Licenciatura em Bioquímica (2º Ano) (3º Ano)
L :: Licenciatura em Ciência de Computadores (2º Ano) (3º Ano)
PERFIL DE COMPETÊNCIAS
Elevada motivação, interesse em genética, genómica, biologia molecular, biodiversidade, etc.
PLANO DE ESTÁGIO
Famílias de genes que codificam proteínas e péptidos com actividade tóxica são sintetizados por vários animais, incluindo medusas, gastrópodes marinhos, peixes, cobras e mesmo mamíferos. A prospecção de toxinas tem-se focado mais recentemente em venenos de cobras, um campo de investigação promissor que resultou na descoberta de importantes drogas para o tratamento do cancro. Contudo, outros grupos de vertebrados (p.ex. peixes) e invertebrados (p.e.x. cnidários) possuem milhares de espécies venenosas, representando um inexplorado recurso para a caracterização genómica de genes que codificam venenos naturais. Compreender a base genética da diversificação de genes codificadores de venenos em vários vertebrados e invertebrados pode fornecer importante informação para compreender a evolução de espécies, especialização ecológica, e novidades genéticas que poderão ser de elevada importância para a investigação biomédica e genética.

Contrastando com o sucesso evolutivo dos compostos venenosos, algumas espécies de metazoários adquiriram naturalmente resistência ao efeito dos venenos. Os mecanismos moleculares responsáveis por essa resistência natural encontram-se ainda pouco caracterizados. Adicionalmente, os animais venosos estão protegidos dos seus próprios venenos. A caracterização e compreensão desses mecanismos de resistência natural aos venenos pode fornecer informação valiosa para o desenho de novos e mais eficientes antídotos, que será de grande importância para a investigação farmacêutica e a saúde humana. Essas toxinas, ligeiramente modificadas ou em diferentes doses, podem também ter importantes propriedades biomédicas em alguns organismos.
e-LEARNING
AUTENTICAÇÃO
QUICKLINKS
Webmail
Cooperação Internacional
Centro Informática
Biblioteca
Bolsa Emprego
Como chegar à FCUP?
FUNDO ANTIGO
NOTÍCIAS
GALERIA IMAGENS
SAÚDE E BEM-ESTAR
LINHA SOS - UP
AEFCUP
FCUP 2018