Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C.
Sugerimos que actualize o browser para ter uma melhor experiência de utilização.
Mais informações em webstandards.org

 
 
_
ad
 
A FCUP
ALUNOS
ENSINO
INVESTIGAÇÃO
DEPARTAMENTOS
PESSOAS
SERVIÇOS
CONTACTOS
INFOCIÊNCIAS
Calendário Escolar
Calendário de Exames
Prazos de Inscrições
Regulamentos/Informações
Serviços/Recursos
Bolsa de Emprego
PEEC
AEFCUP
SASUP
[‹‹]VOLTAR
O impacto do herbicida glifosato em plantas de cobertura
Tutor/Responsável: ANABELA FERREIRA DE OLIVEIRA CACHADA
Instituição: CENTRO INTERDISCIPLINAR DE INVESTIGAÇÃO MARINHA E AMBIENTAL (CIIMAR)
Local: Departamento de Biologia, FCUP
Área: BIOLOGIA/ECOLOGIA/IMPACTE AMBIENTAL/ECOTOXICOLOGIA
Ano Lectivo: 2017/2018
Duração: 6 meses
Data início: 2018-02-03
Data final: 2018-07-31
Vagas: 1
Podem candidatar-se: L :: Biologia (2º Ano) (3º Ano)
L :: Ciências e Tecnologia do Ambiente (2º Ano) (3º Ano)
M :: Biodiversidade, Genética e Evolução (1º Ano)
M :: Biologia Celular e Molecular (1º Ano)
M :: Bioquímica (1º Ano)
M :: Ciências e Tecnologia do Ambiente (1º Ano)
M :: Ecologia e Ambiente (1º Ano)
M :: Engenharia Agronómica (1º Ano)
M :: Ensino da Biologia e da Geologia no 3ºCiclo do Ensino Básico e Secundário (1º Ano)
M :: Mestrado em Biologia Funcional e Biotecnologia de Plantas (1º Ano)
M :: Mestrado em Toxicologia e Contaminação Ambientais (1º Ano)
PERFIL DE COMPETÊNCIAS
- Dinamismo e proatividade;
- Capacidade de organização;
- Capacidade de trabalho autónomo;
- Capacidade de realização de pesquisas em literatura científica;
- Domínio da língua inglesa (principalmente leitura);
- Autonomia na utilização de folhas de cálculo (EXCEL ou similar);
- Interesse pela temática do estágio.
PLANO DE ESTÁGIO
A atividade agrícola intensiva afeta negativamente as funções do solo, principalmente devido ao uso de pesticidas orgânicos e inorgânicos. Portanto, é crucial compreender os efeitos dos agroquímicos para os organismos terrestres, a fim de garantir uma utilização sustentável dos produtos fitofarmacêuticos. O glifosato é um herbicida de amplo espectro e é o mais utilizado em todo o mundo, representando cerca de 25% do mercado global de herbicidas. Apesar da Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA) ter classificado o glifosato como seguro, existem vários estudos que sugerem que é tóxico para os organismos aquáticos e terrestres. Assim, este trabalho pretende contribuir para o conhecimento sobre a ecotoxicidade deste agroquímico, para espécies não-alvo, selecionando biomarcadores específicos (fundamentalmente ferramentas bioquímicas). Pretende-se obter endpoints mais sensíveis de modo a avaliar os seus efeitos em espécies de plantas terrestre usadas frequentemente para cobertura de solos em pousio e/ou para pastagem. As plantas de cobertura, são utilizadas para fornecer uma cobertura ao solo, melhorar a sua fertilidade e produzir alimentos para animais. Assim, são espécies-chave para manter a qualidade do agrossistema e do próprio solo.
Neste sentido, neste trabalho, serão realizados ensaios de laboratório para testar o efeito de concentrações crescentes de glifosato no estado oxidativo destas plantas. Após o crescimento vegetal e colheita de amostras, serão avaliados diversos marcadores de stress, como a peroxidação lipídica e os níveis de peróxido de hidrogénio (H2O2) e do anião superóxido (O2), bem como a resposta do sistema antioxidante, pela avaliação dos níveis dos antioxidantes prolina, ascorbato e glutationa.

Co-Orientador: Cristiano Soares
e-LEARNING
AUTENTICAÇÃO
QUICKLINKS
Webmail
Cooperação Internacional
Centro Informática
Biblioteca
Bolsa Emprego
Como chegar à FCUP?
FUNDO ANTIGO
NOTÍCIAS
GALERIA IMAGENS
SAÚDE E BEM-ESTAR
LINHA SOS - UP
AEFCUP
FCUP 2017