Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C.
Sugerimos que actualize o browser para ter uma melhor experiência de utilização.
Mais informações em webstandards.org

 
 
_
ad
 
A FCUP
ALUNOS
ENSINO
INVESTIGAÇÃO
DEPARTAMENTOS
PESSOAS
SERVIÇOS
CONTACTOS
INFOCIÊNCIAS
Calendário Escolar
Calendário de Exames
Prazos de Inscrições
Regulamentos/Informações
Serviços/Recursos
Bolsa de Emprego
PEEC
AEFCUP
SASUP
[‹‹]VOLTAR
Impacto dos taninos elágicos da cortiça na evolução do vinho engarrafado
Tutor/Responsável: SOFIA FILIPA DE ALMEIDA ROCHA REIS
Instituição: LABORATÓRIO ASSOCIADO PARA A QUÍMICA VERDE (REQUIMTE)
Local: Departamento de Química e Bioquímica - FCUP
Área: QUÍMICA ALIMENTAR E NUTRIÇÃO
Ano Lectivo: 2017/2018
Duração: 6 meses
Data início: 2018-02-03
Data final: 2018-07-31
Vagas: 1
Podem candidatar-se: L :: Química (3º Ano)
PERFIL DE COMPETÊNCIAS
Conhecimentos, interesse e motivação em métodos instrumentais de análise e química orgânica. Sentido de responsabilidade e empenho na realização de tarefas e obtenção dos resultados.
PLANO DE ESTÁGIO
A evolução do vinho engarrafado varia de acordo com o tipo de vedante utilizado, no entanto, a contribuição do vedante para o vinho assim como os parâmetros que influenciam essa contribuição ainda não foram estabelecidos. Os compostos fenólicos da rolha de cortiça natural migram para soluções modelo de vinho. Entre eles os taninos hidrolisáveis, compostos fenólicos de alto peso molecular que têm vindo a ser correlacionados com as propriedades sensoriais do vinho (adstringência) e também com propriedades antioxidantes e farmacológicas. São também compostos altamente reactivos podendo por isso reagir com compostos do vinho dando origem a novos compostos. O objectivo geral deste trabalho é avaliar a contribuição das rolhas de cortiça natural em taninos elágicos no vinho engarrafado. Soluções modelo de vinho engarrafadas com diferentes classes de rolhas de cortiça natural sujeitas a diferentes tratamentos, durante distintos tempos de armazenamento, serão analisadas tendo em vista a quantidade de taninos elágicos identificados nas rolhas de cortiça.

Actividades a desenvolver:
•Extracção de taninos elágicos de granulado e/ou pó de cortiça;
•Isolamento de taninos elágicos identificados na cortiça, por HPLC-preparativo;
•Caracterização dos compostos isolados por HPLC-ESI/MS;
•Optimização de um método de quantificação de taninos elágicos por HPLC-ESI/MS;
•Quantificação de taninos elágicos em soluções modelo de vinho engarrafadas durante 6, 12 e 24 meses de armazenamento, com classes de rolha de cortiça distintas e sujeitas a diferentes tratamentos.
e-LEARNING
AUTENTICAÇÃO
QUICKLINKS
Webmail
Cooperação Internacional
Centro Informática
Biblioteca
Bolsa Emprego
Como chegar à FCUP?
FUNDO ANTIGO
NOTÍCIAS
GALERIA IMAGENS
SAÚDE E BEM-ESTAR
LINHA SOS - UP
AEFCUP
FCUP 2017