Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C.
Sugerimos que actualize o browser para ter uma melhor experiência de utilização.
Mais informações em webstandards.org

 
 
_
ad
 
A FCUP
ALUNOS
ENSINO
INVESTIGAÇÃO
DEPARTAMENTOS
PESSOAS
SERVIÇOS
CONTACTOS
INFOCIÊNCIAS
Calendário Escolar
Calendário de Exames
Prazos de Inscrições
Regulamentos/Informações
Serviços/Recursos
Bolsa de Emprego
PEEC
AEFCUP
SASUP
[‹‹]VOLTAR
Polifenois em Arte – desvendando o segredo das tintas ferrogálhicas
Tutor/Responsável: NATÉRCIA DO CARMOS VALENTE TEIXEIRA
Orientador: LUÍS MIGUEL NEVES FERREIRA SERRA CRUZ
Instituição: LABORATÓRIO ASSOCIADO PARA A QUÍMICA VERDE (REQUIMTE)
Local: Departamento de Química e Bioquímica - FCUP
Área: QUÍMICA
Ano Lectivo: 2017/2018
Duração: 6 meses
Data início: 2018-02-03
Data final: 2018-07-31
Vagas: 2
Podem candidatar-se: L :: Química (2º Ano)
M :: Química (1º Ano)
PERFIL DE COMPETÊNCIAS
Os estudantes candidatos deverão ser responsáveis, assíduos e interessados. Deverão possuir conhecimentos na utilização de ferramentas informáticas de automação, pesquisa e de organização e exploração de bases de dados e o conhecimento da língua inglesa, tanto verbal como escrita. De preferência com conhecimentos de técnicas cromatográficas e síntese orgânica. Mas cima de tudo uma elevada motivação e vontade de aprender.

Pretendem-se 2 candidatos: 1 aluno a frequentar a Licenciatura em Química e 1 aluno a frequentar o Mestrado em Química.
PLANO DE ESTÁGIO
Este trabalho decorrerá em parceria com a Doutora Maria João Melo, Professora do Departamento de Conservação e Restauro, FCT-UNL.
A degradação das tintas ferrogálhicas utilizadas em manuscritos medievais é considerada uma patologia de grande risco para a conservação do património cultural, podendo acarretar uma perda total da informação de uma obra e do seu valor histórico. Pouco se sabe sobre a composição química destas tintas e sobre os seus fenómenos de degradação. Este conhecimento a nível molecular é indispensável para desenvolver, testar e implementar intervenções de estabilização duradouras (conservação e restauro) bem como para minimizar possíveis efeitos secundários indesejáveis.
Neste trabalho pretende-se: 1) caraterizar a composição polifenólica de murta (Myrtus communis), romã (Punica granatum) e galhas (Quercus infectoria); 2) sintetizar compostos polifenólicos relevantes para depois serem utilizados como padrões para a reprodução de tintas medievais ibéricas.
Serão utilizadas diversas técnicas laboratoriais e diversas técnicas de análise química como cromatografia em coluna com diferentes suportes sólidos, HPLC-DAD (analítico e preparativo), Espetrometria de massa: HPLC-ESI-MS e MALDI-TOF, e Espetroscopia de Ressonância Magnética Nuclear (RMN).
e-LEARNING
AUTENTICAÇÃO
QUICKLINKS
Webmail
Cooperação Internacional
Centro Informática
Biblioteca
Bolsa Emprego
Como chegar à FCUP?
FUNDO ANTIGO
NOTÍCIAS
GALERIA IMAGENS
SAÚDE E BEM-ESTAR
LINHA SOS - UP
AEFCUP
FCUP 2017