Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C.
Sugerimos que actualize o browser para ter uma melhor experiência de utilização.
Mais informações em webstandards.org

 
 
_
ad
 
A FCUP
ALUNOS
ENSINO
INVESTIGAÇÃO
DEPARTAMENTOS
PESSOAS
SERVIÇOS
CONTACTOS
INFOCIÊNCIAS
Calendário Escolar
Calendário de Exames
Prazos de Inscrições
Regulamentos/Informações
Serviços/Recursos
Bolsa de Emprego
PEEC
AEFCUP
SASUP
[‹‹]VOLTAR
Desenvolvimento de um novo método para a determinação da idade das estrelas
Tutor/Responsável: MARGARIDA MARIA SALVADOR CUNHA
Orientador: MÁRIO JOÃO PIRES FERNANDES GARCIA MONTEIRO
Instituição: CENTRO DE ASTROFÍSICA DA UNIVERSIDADE DO PORTO (CAUP)
Local: Centro de Astrofísca da Universidade do Porto
Área: ASTROFÍSICA
Ano Lectivo: 2017/2018
Duração: 6 meses
Data início: 2018-02-03
Data final: 2018-07-31
Vagas: 2
Podem candidatar-se: L :: Astronomia (3º Ano)
L :: Física (3º Ano)
M :: Astronomia (1º Ano)
M :: Física (1º Ano)
PERFIL DE COMPETÊNCIAS
Espera-se que o estagiário/a tenha formação básica em Física e/ou Astronomia e competências básicas de programação. Conhecimento da língua inglesa.
PLANO DE ESTÁGIO
A determinação da idade das estrelas tem uma importância fundamental em áreas tão diferente da astrofísica, como sendo a formação e evolução de sistemas planetários, a história da nossa galáxia, e a teoria da evolução das próprias estrelas. Com o desenvolvimento e lançamento, ao longo da última década, de missões espaciais (NASA e ESA) dedicadas à deteção de planetas extrasolares e ao estudo das estrelas em torno das quais eles orbitam, a determinação precisa da idade das estrelas tornou-se ainda mais importante.

Neste estágio propomos o desenvolvimento de um método inovador para a determinação da idade das estrelas. O novo método baseia-se numa combinação particular de observações sensíveis a certas regiões do interior das estrelas. As tarefas a desenvolver serão as seguintes:

1) A partir de dados sísmicos simulados para um conjunto de estrelas (a fornecer ao/à estagiário/a), calcular um conjunto de diagnósticos. Para tal, terá de desenvolver um pequeno código para ajustar uma função pré-definida aos dados e, simultaneamente, utilizar um outro código (publicamente disponível).

2) Fazer uma análise sistemática das dependências dos diagnósticos (obtidos no ponto 1) na idade das estrelas. Em particular, importa verificar a capacidade de distinguir soluções para a idade da estrela que, na ausência desses diagnósticos, seriam indistinguíveis (soluções degeneradas).

3) Havendo tempo, aplicar o método a dados reais de estrelas do tipo solar observadas pelo satélite Kepler, da NASA, com vista a uma determinação mais precisa das suas idades. A obtenção de resultados nesta componente poderá ser objeto de publicação em revista internacional da área e/ou de apresentação em workshop/conferência da área.
e-LEARNING
AUTENTICAÇÃO
QUICKLINKS
Webmail
Cooperação Internacional
Centro Informática
Biblioteca
Bolsa Emprego
Como chegar à FCUP?
FUNDO ANTIGO
NOTÍCIAS
GALERIA IMAGENS
SAÚDE E BEM-ESTAR
LINHA SOS - UP
AEFCUP
FCUP 2017