Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C.
Sugerimos que actualize o browser para ter uma melhor experiência de utilização.
Mais informações em webstandards.org

 
 
_
ad
 
A FCUP
ALUNOS
ENSINO
INVESTIGAÇÃO
DEPARTAMENTOS
PESSOAS
SERVIÇOS
CONTACTOS
INFOCIÊNCIAS
Calendário Escolar
Calendário de Exames
Prazos de Inscrições
Regulamentos/Informações
Serviços/Recursos
Bolsa de Emprego
PEEC
AEFCUP
SASUP
[‹‹]VOLTAR
Evolução de paredes de domínio, cordas cósmicas e supercordas
Tutor/Responsável: CARLOS JOSÉ AMARO PARENTE MARTINS
Instituição: CENTRO DE ASTROFÍSICA DA UNIVERSIDADE DO PORTO (CAUP)
Local: CAUP (incluindo possíveis visitas de trabalho)
Área: COSMOLOGIA, ASTROFÍSICA, FÍSICA FUNDAMENTAL
Ano Lectivo: 2017/2018
Duração: 6 meses
Data início: 2018-02-03
Data final: 2018-07-31
Vagas: 2
Podem candidatar-se: L :: Astronomia (2º Ano) (3º Ano)
L :: Ciência de Computadores (2º Ano) (3º Ano)
L :: Física (2º Ano) (3º Ano)
L :: Matemática (2º Ano) (3º Ano)
M :: Astronomia (1º Ano)
M :: Ciência de Computadores (1º Ano)
M :: Engenharia Matemática (1º Ano)
M :: Física (1º Ano)
M :: Matemática (1º Ano)
MI :: Engenharia de Redes e Sistemas Informáticos (3º Ano) (4º Ano)
MI :: Engenharia Física (3º Ano) (4º Ano)
PERFIL DE COMPETÊNCIAS
Experiência prévia de programação, análise e visualização de dados é essencial. Experiência anterior com projectos deste tipo é valorizada. Espera-se uma dedicação mínima de 6 horas de trabalho por semana, parcialmente presenciais. Serão disponibilizados um espaço de trabalho no CAUP e acesso a recursos computacionais apropriados. Dependendo do desempenho, o estágio pode incluir visitas de trabalho a colaboradores no estrangeiro e/ou deslocações a conferências para apresentação dos resultados. Poderá ser realizada uma entrevista aos candidatos.
PLANO DE ESTÁGIO
Os alunos serão integrados em colaborações internacionais que estudam a evolução de vários tipos de defeitos topológicos, incluindo paredes de domínio e cordas cósmicas e supercordas. Estes objectos formaram-se necessariamente no universo primitivo, e a sua caracterização dá-nos pistas cruciais sobre a física fundamental. O estudo da sua evolução é essencial no contexto dos dados do satélite Planck e de possíveis missões futuras da ESA (CORE e LISA).

Dependendo das preferências de cada estagiário, o estágio pode ser teórico (análise matemática de sistemas de equações diferenciais que descrevem a evolução destes objectos) ou de simulação computacional da sua evolução (programação em CPUs e/ou GPUs) e análise destas simulações. Actividades
específicas podem incluir:

1) Estudo analítico de modelos analíticos para a evolução de redes de supercordas e outros defeitos topológicos;
2) Desenvolvimento de novos modelos (analíticos ou numéricos) simplificados para estudar aspectos específicos da dinâmica das redes;
3) Desenvolvimento, optimização ou validação de códigos numéricos de evolução de redes;
4) Processamento, análise e visualização de resultados de simulações numéricas de alta resolução destas redes (incluindo o desenvolvimento de videos destas simulações);
5) Organização e apresentação dos resultados obtidos.

Dúvidas informais sobre o conteúdo do estágio podem ser esclarecidas através do e-mail Carlos.Martins@astro.up.pt. Apesar de formalmente o estágio decorrer entre Fevereiro e Julho, os alunos seleccionados podem, se assim o desejarem, iniciar o trabalho em Novembro e (se necessário) continuá-lo para lá de Julho. Exemplos de bibliografia relevante sobre esta área: https://arxiv.org/abs/1704.087281602.08083, https://arxiv.org/abs/1704.087281611.06103, https://arxiv.org/abs/1704.087281612.08863, https://arxiv.org/abs/1704.087281702.08453 e https://arxiv.org/abs/1704.087281709.01839.
e-LEARNING
AUTENTICAÇÃO
QUICKLINKS
Webmail
Cooperação Internacional
Centro Informática
Biblioteca
Bolsa Emprego
Como chegar à FCUP?
FUNDO ANTIGO
NOTÍCIAS
GALERIA IMAGENS
SAÚDE E BEM-ESTAR
LINHA SOS - UP
AEFCUP
FCUP 2017