Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C.
Sugerimos que actualize o browser para ter uma melhor experiência de utilização.
Mais informações em webstandards.org

 
 
_
ad
 
A FCUP
ALUNOS
ENSINO
INVESTIGAÇÃO
DEPARTAMENTOS
PESSOAS
SERVIÇOS
CONTACTOS
INFOCIÊNCIAS
Calendário Escolar
Calendário de Exames
Prazos de Inscrições
Regulamentos/Informações
Serviços/Recursos
Bolsa de Emprego
PEEC
AEFCUP
SASUP
[‹‹]VOLTAR
Aplicação da nanotecnologia na microbiologia: efeito de nanopartículas de prata e ouro em biofilmes bacterianos
Tutor/Responsável: LUCINDA JANETE DA SILVA BESSA
Instituição: FACULDADE DE CIÊNCIAS DA UNIVERSIDADE DO PORTO (FCUP)
Local: Departamento de química e Bioquímica - FCUP
Área: MICROBIOLOGIA
Ano Lectivo: 2017/2018
Duração: 6 meses
Data início: 2018-02-03
Data final: 2018-07-31
Vagas: 1
Podem candidatar-se: L :: Biologia (3º Ano)
L :: Bioquímica (3º Ano)
PERFIL DE COMPETÊNCIAS
Para a concretização deste projeto de estágio, o estagiário deve possuir as seguintes competências:
Competências Técnico-profissionais:
- Dominar os princípios básicos da microbiologia
- Capacidade/disponibilidade de aprendizagem, capacidade de organização, reportar resultados e planificação do trabalho,
- Sentido de responsabilidade em relação a materiais e equipamentos e ao trabalho com microrganismos infeciosos
Competências sócio-relacionais:
- Capacidade para estabelecer e manter boas relações interpessoais e ter sentido de espírito de equipa,
- à-vontade na comunicação; clareza na transmissão de informações e de instruções,
- Capacidade de assimilar rapidamente novos conhecimentos, em especial no que diz respeito à adaptação a novas metodologias e tecnologias.
PLANO DE ESTÁGIO
Inicialmente o estagiário integrar-se-á no ambiente laboratorial através da execução de rotinas e técnicas básicas de microbiologia tais como: preparação de meios de cultura sólidos e líquidos seletivos e não seletivos; preparação de inóculos bacterianos; cultura e isolamento de microrganismos pelo método de sementeira por incorporação, sementaria por espalhamento em placa, isolamento por riscado em placa; execução da técnica assética. Espera-se que o estagiário rapidamente se torne independente na execução destas tarefas de modo a que posteriormente melhor consiga organizar e programar o trabalho do seu projeto de estágio. O objetivo deste projeto é avaliar a atividade antimicrobiana de nanopartículas de prata (AgNPs) e de ouro (AuNPs) contra várias várias estirpes bacterianas, quer Gram-positivas (Staphylococcus aureus, Enterococcus spp.) quer Gram-negativas (Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa). Para tal diversos métodos serão usados tais como o método de difusão em agar e o método de microdiluição para determinar a concentração mínima inibitória, designada de MIC. Os compostos que demonstrem atividade serão posteriormente testados para avaliar a sua capacidade de inibir a formação de biofilmes bacterianos ou erradicar biofilmes já maduros. Os biofilmes serão formados em superfícies de poliestireno (placas de 96 poços e placas de 35 mm de diâmetro), usando o meio de cultura TSB (Tryptic soy broth) e posteriormente tratados com as nanopartículas. A biomassa do biofilme será quantificada pelo método de coloração com cristal violeta 0.5% e avaliada qualitativamente através de microscopia de fluorescência usando a técnica de coloração LIVE/DEAD [2]. A interação das nanopartículas com o biofilme será avaliada usando microscopia de força atómica (AFM).
O recurso às nanotecnologias pode constituir uma solução promissora para desenvolver produtos direcionados à eliminação de biofilmes. Os biofilmes podem ser definidos como comunidades microbianas envoltas por uma matriz de polímeros extracelulares e aderidas a superfícies. A formação de biofilmes na superfície de equipamentos e utensílios é particularmente problemática no setor alimentar, acarretando elevados custos económicos e problemas de saúde. Esses biofilmes constituem uma fonte de patógenos que podem contaminar os produtos alimentares, podendo mesmo causar doenças de origem alimentar. Portanto, toda a investigação focada na destruição de biofilmes é atualmente ativamente encorajada.
e-LEARNING
AUTENTICAÇÃO
QUICKLINKS
Webmail
Cooperação Internacional
Centro Informática
Biblioteca
Bolsa Emprego
Como chegar à FCUP?
FUNDO ANTIGO
NOTÍCIAS
GALERIA IMAGENS
SAÚDE E BEM-ESTAR
LINHA SOS - UP
AEFCUP
FCUP 2017